ESFERA CARREGADA UNIVERSAL: UMA SOLUÇÃO PARADIDÁTICA PARA O ENSINO DE FÍSICA À CEGOS

 

Daniel Souza Cardoso, Christian R. Dias

 

RESUMO

Reconhecendo o despreparo das Instituições de Ensino brasileiras para atender a crescente demanda da inclusão de alunos cegos, nas diferentes modalidades de ensino e da necessidade de produção de materiais paradidáticos para o ensino de Física à cegos, o projeto[1] “Desenvolvimento de soluções paradidáticas para o ensino de Física à cegos” propõe o desenvolvimento de materiais didáticos especializados, através da modelagem e prototipagem. Os protótipos modelados em CAD, foram reservados em arquivos para impressão através de prototipagem rápida por adição (impressão tridimensional), e para diferentes processos industriais. Nas primeiras etapas do projeto (2017-2018, 2018-2019), os protótipos tiveram ênfase em eletrostática e eletrodinâmica.  A esfera carregada universal, um dos protótipos da série desenvolvida, introduz um instrumento paradidático para o ensino de Física abrangendo os conceitos entorno da carga elétrica e de um corpo eletricamente carregado, tratado como universal ao passo que atende práticas didáticas para cegos e videntes. Buscou-se o desenvolvimento de matérias e métodos paradidáticos, lúdicos e sensitivos, para contribuir com a comunidade local e acadêmica, seja em soluções paradidáticas e na formação de professores da área de Física para o ensino à cegos, os quais através de sua prática difundirão e desenvolverão novos métodos e instrumentos de ensino.

Palavras chave: ensino de Física, materiais paradidáticos, cegos, carga elétrica.

Artigo